Viagem

Alemanha – Hamburgo: um passeio pela cidade

IMG_7196

Confesso que não esperava muito de Hamburgo. Temos dois amigos que moram lá, o Tiago e o André, e esse foi o motivo de estender a viagem para Berlim pra lá, já que Hamburgo, apesar de ser a segunda maior cidade da Alemanha, não é aquele tipo de cidade que faz um turista ficar ansioso para visitar. Pois bem, Hamburgo super me surpreendeu positivamente. É uma cidade calma, limpa, bonita, com vários lugares bacanas pra visitar! Ficamos dois dias por lá, mas a verdade é que estávamos tão cansados da correria de Berlim que não acordamos cedo em nenhum dos dias kkk. Nosso roteiro foi basicamente um grande passeio pelo centro histórico da cidade e uma visita ao lugar mais bem avaliado de Hamburgo, o fantástico Miniatur Wunderland, o museu em miniatura (clique aqui para ver o post sobre ele)! Então vamos lá?

IMG_6647

Começamos o nosso primeiro dia por volta das 11h, descendo na estação de U-bahn Sternschanze, a mais próxima da Torre da TV de Hamburgo. Diferentemente da de Berlim, não é possível subir nela, mas como ela é um dos símbolos de lá, resolvemos dar uma olhadinha. De lá, seguimos para o Planten un Blomen, um parque maravilhoso que fica ali pertinho.

IMG_6750

IMG_6678

O parque é enorme!! Caminhando num ritmo tranquilo, levamos mais ou menos umas 2h30 para atravessá-lo. Dentro dele, existem vários lugares distintos, como por exemplo esse lugar super fofo de onde o Cassi tirou as fotos acima, que tem muitas vitórias-régia, peixes, gansos, patinhos e muitas flores! Dá uma olhada:

IMG_6723

IMG_6728

IMG_6741

Sim, as vezes nos emocionamos com a função macro da câmera kkkkkk. Falando em flores, a próxima parada no parque foi, de longe, a minha preferida: o Rosengarten ou Jardim das Rosas. É ou não é de encher os olhos?

IMG_6791

IMG_6794

IMG_6827

Uma coisa que achei incrível no Rosengarten é que tem caixinhas de som que ficam tocando música clássica. Uma delícia passar por ali, ótimo lugar para fazer uma pausa, sentar e apreciar o ambiente. Poderia passar o dia todo ali se tivéssemos tempo.

Seguindo pelo parque, chegamos a outro local muito bonitinho, com um laguinho e chafarizes.

IMG_6837

Saindo do parque, seguindo a indicação do Tiago, fomos até a igreja de St Michaelis, a maior e mais famosa da cidade. Nesta igreja é possível visitar a torre mais alta, que rende uma vista panorâmica muito bonita de Hamburgo. A visita a torre é paga e custa €5 a normal e €4 a reduzida.

IMG_6909

IMG_6923

IMG_6961

A vista lá de cima é 360º e vale muito a pena, mas não ficamos muito tempo lá. No dia, estava ventando muito e fazia muito frio. Ah, a subida é feita por elevador!

De lá, seguimos dar uma passeada pelo porto. Na foto acima, dá pra ver o caminho que seguimos: no meio dessas árvores aí. Na beirada do canal, existem diversos restaurantes, barzinhos e lanchonetes. É possível fazer passeios pelo canal em barquinhos turísticos, mas nós não fizemos, só caminhamos pelo entorno do canal mesmo.

IMG_7005

IMG_6976

Na realidade, essa parte do porto não foi muito interessante na minha opinião, mas como ir em uma cidade basicamente conhecida por seus portos e não conhece-los? 🙂

A noite, encontramos o Tiago e fomos até a rua Reeperbahn, no bairro St. Pauli, o local da nightlife hamburguense. Nunca fui à Amsterdam, mas diz que essa rua se assemelha a Red Light District, e de fato é o que ouvimos falar, muitos bares, boates, garotas de programa na rua, sex shops… enfim.

IMG_7052

Mas é claro que Reeperbahn não se resume apenas a isso. Existem diversas casas de shows por lá, que já receberam diversas bandas famosas. É lá que fica o local onde os Beatles tocaram pela primeira vez internacionalmente… nesse lugarzinho aí da foto, a boate Indra:

IMG_7038

No mesmo bairro fica a Beatles Platz, uma praça construída para celebrar a importância da cidade de Hamburgo para a banda mais famosa de todos os tempos. A praça é circular, feita para lembrar um disco de vinil, e possui cinco “estátuas”: quatro representam John Lennon, Paul McCartney, Stuart Sutcliffe e George Harrison, e uma representa simultaneamente Pete Best e Ringo Starr. Depois disso, o Tiago nos levou em um restaurante naquela rua, onde comemos um Schnitzel.

E assim finalizamos o primeiro dia em Hamburgo.

No segundo dia, também por indicação do Tiago, iniciamos o dia com um free walking tour. Para participar, é necessário fazer uma reserva pelo site da empresa, mas não precisa pagar nada, você só dá uma gorjeta se gostar do tour ao final dele. Este tour que fizemos percorreu a parte antiga da cidade, passando por alguns prédios e construções importantes.

IMG_7072

Infelizmente não deu tempo de tirar foto de vários lugares que passamos, alguns outros não eram assim tão interessantes. Acho que o lugar mais interessante que passamos foi o prédio da prefeitura da cidade, o Rathaus, esse da foto aí de cima. O antigo prédio que estava lá, um convento, foi destruído no grande incêndio de 1842. 44 anos depois, em 1886, foram iniciadas as obras da construção do atual Rathaus, que foi inaugurado em 1897. Este prédio tem proporções gigantescas, com 112m de altura (na torre), 112m de comprimento e 78m de largura. Para sustenta-lo, foi necessária uma fundação de 4000 troncos de árvore, já que, sem isso, devido ao terreno pantanoso, muito semelhante a Veneza, esse tipo de construção tende a afundar lentamente com o passar do tempo. O Rathaus conta com 647 salas, até onde se tem conhecimento, já que em 1971 foi descoberta uma sala secreta por acidente durante pesquisas no prédio. Sendo assim, acredita-se que existam outras salas ainda não descobertas.

IMG_7077

Após finalizar o walking tour, fomos até a Poggenmülen-Brücke, uma ponte com uma vista super bonitinha, um local que é cartão postal de Hamburgo.

IMG_7259

IMG_7267-001

De lá, nós seguimos para o Miniatur Wunderland. Como já falei lá no começo, esse local é tão incrível que merece um post só pra ele, que você pode ver aqui.

A noite, fomos jantar em um restaurante típico alemão do sul, da região de Munique, naquele clima Oktoberfest, com música ao vivo, muuuita bandinha (me senti em casa!) e tocou até “Ai Se Eu Te Pego”, acreditam? Hahhahah, foi hilário!

Então esse foi o nosso passeio pela cidade de Hamburgo, bem resumidinho hehe. Aproveito para agradecer ao Tiago e ao André pelas dicas e pelo poso!

Espero que tenham gostado!

Beijinhos! ❤

Anúncios

Um comentário em “Alemanha – Hamburgo: um passeio pela cidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s